Charges

PODER SEM PUDOR – 14/10/2018

Quem nem São José Ao explicar por que os deputados não abandonaram a obstrução, mesmo depois de o Palácio do Planalto anunciar que a liberação das valiosas emendas parlamentares, o então vice-líder do governo Lula, Beto Albuquerque (PSB-RS), mostrou sua falta de intimidade com religião: disse que todos estavam “que nem São José”. – O senhor quer dizer São Tomé… – corrigiu um jornalista. – …é, aquele que só acredita...

Leia Mais

PODER SEM PUDOR – 12/10/2018

Gracinhas de deputados A então deputada estadual Heloneida Studart (PT) combinava entrevista com uma repórter de Brasília, que não a conhecia, e descreveu assim a subcomissão parlamentar da Assembléia Legislativa do Rio que chegaria à capital: – É simples você nos achar. Sou baixinha, gordinha e bastante sorridente. Já a minha colega Graça Matos (PMDB) é alta, esbelta e muito elegante. O meu colega Leandro Sampaio (PMDB) é gordinho, calvo e bem...

Leia Mais

PODER SEM PUDOR – 10/10/2018

Centauro completo Dono de verve devastadora, Carlos Lacerda sabia provocar, ofender e desestabilizar os adversários como ninguém. Protagonizou debates acalorados e gargalhadas intermináveis com suas “tiradas”. Certa vez, nem mesmo Leonel Brizola, outro craque no mister, conseguiu rebater um célebre ataque do ex-governador da Guanabara: “Brizola é uma espécie de centauro, metade cavalo, a outra...

Leia Mais

PODER SEM PUDOR – 09/10/2018

Fiscal do Sarney
  Durante reunião do PMDB nacional, em Brasília, a então governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, proporcionou um raro momento de descontração do senador José Sarney. Ela contou como chegou a ser detida, nos anos 1980: “Eu era fiscal do Sarney. Briguei no supermercado por causa do preço de um sabonete e fui parar na delegacia. O Garotinho teve de ir lá me tirar.” Sarney adorou ouvir a...

Leia Mais

PODER SEM PUDOR – 07/10/2018

Toque de humor O presidente de honra da Fifa, João Havelange, foi o mais festejado dos homenageados pelo Tribunal de Contas da União, certa vez. Solícito, aceitou todos os pedidos de posar para fotografias. Em seu discurso, o ministro e imortal Marcos Vilaça deu um toque de humor à cerimônia, ao saudar o empresário Antônio Ermírio de Morais, representado pelo filho Carlos: – Teu pai transporta sonhos, mas jamais direi que é manso ou que sabe se...

Leia Mais

PODER SEM PUDOR – 06/10/2018

Bengalada catarinense Chamado pela então senadora Ideli Salvatti (PT) de “senador da bengalinha”, o tucano Leonel Pavan (SC) ficou indignado com o desrespeito às sequelas de uma cirurgia em sua perna direita, quatro anos antes. E deu o troco: – Eu acompanhei a recuperação médica da senadora com a coleira cervical e nem por isso a chamei de “senadora da coleira” ou “do...

Leia Mais

Tempo

GOVERNADOR VALADARES

Patrocínio