PRIMEIRO TEMPO

Os primeiros 45 minutos de jogo foram muito ruins. O Tupi jogou recuado, marcando com os dez jogadores de linha no campo de defesa, e não assustou o goleiro João Ricardo em nenhum momento. O América-MG, por sua vez, abusava dos erros de passe no meio. O lateral-esquerdo Carlinhos criou as principais jogadas ofensivas e foi dos pés dele que saiu a finalização mais perigosa, aos 30 minutos, em chute defendido por Vilar.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo começou animado. Logo aos seis minutos, o atacante Aylon recebeu belo passe de Renan Oliveira e chutou no ângulo de Vilar para abrir o placar. Depois do gol, o Coelho voltou a jogar mal, sem pressionar muito o adversário. No entanto, foi efetivo novamente, aos 32 minutos, quando Capixaba recebeu a bola na esquerda, cortou Sidimar e chutou rasteiro, no canto direito do goleiro do Tupi: 2 a 0. O Galo Carijó tentou assustar mais o Coelho, mas esbarrou nos erros de passe.