Na última quinta-feira,  por volta das 15 horas, a Polícia Militar foi acionada a comparecer a uma residência na rua Afonso Pena, no bairro Esplanada, onde uma adolescente de 16 anos foi surpreendida por um indivíduo de bicicleta que lhe tomou o celular. Ela relatou aos militares que, além do aparelho, o homem queria dinheiro e lhe fez várias ameaças caso ela acionasse a polícia.

Assim que o indivíduo fugiu, a garota foi até sua casa, nas proximidades, e com a ajuda do irmão conseguiu rastrear o aparelho, repassando a informação aos militares. O GPS indicava que o celular estava em uma rua do bairro Nossa Senhora das Graças, e os PMs imediatamente se deslocaram até o bairro para tentar localizar o suspeito.

Ao chegarem ao local indicado pelo GPS, a vítima avistou e reconheceu o autor do roubo, sendo ele abordado e identificado. J.C.T. negou veementemente a autoria do crime, tendo autorizado, inclusive, a entrada dos militares em sua residência para uma vistoria. Durante as buscas no imóvel, os militares localizaram o celular roubado dentro de uma mala, no quarto de A.F.T., que é mãe do suspeito.

Após o devido reconhecimento do aparelho pela vítima, como sendo de sua propriedade, os militares efetuaram a prisão do autor em flagrante delito e o conduziram à delegacia de plantão, para as demais providências.

Reincidência

Além de efetuarem a prisão do suspeito, os militares resolveram investigá-lo, e chegaram à conclusão de que ele estava envolvido em um outro roubo, ocorrido no dia 22 de abril, flagrado que foi pelas câmeras de segurança do local. Tal suspeita ficou ainda mais evidente quando das buscas na residência de J., onde os militares localizaram em meio aos pertences do autor uma camisa idêntica à utilizada na prática do outro crime. A referida camisa e as imagens foram levadas para a Delegacia Regional para comprovar a participação do suspeito também nesse crime.